A Tabela do Subsídio Oficial na opinião da APRA é IMPUBLICÁVEL!

REUNIÃO DO COMANDO DA POLÍCIA MILITAR COM AS ENTIDADES REPRESENTATIVAS, REALIZADA DIA 06 de JANEIRO de 2012, às 08 hs., no REFEITÓRIO DO QCG.

 

 

Preliminarmente gostaríamos de salientar que estamos frustrados com a Reunião em questão, pois as Entidades Representativas não tiveram a oportunidade da palavra, sendo que companheiros que deslocaram do interior do Estado se quer foram ouvidos, gerando uma frustração coletiva das Praças.   Ainda em sede de preliminar sobre os fatos (leia-se reunião), as pautas não têm mais a intenção de saudar o novo Comando na nova missão (o que já foi feito na primeira ocasião), e sim mostrar os problemas e avaliar as soluções apresentadas pelo Comando, podendo ao livre arbítrio concordar ou não com o Comando, fortalecendo o processo democrático que sustenta nosso Estado.   

 

REUNIÃO (ASSUNTOS ABORDADOS)

 

  1. 01.  A Reunião teve início com as palavras receptivas do SUBCOMANDANTE–GERAL da Polícia Militar do Paraná, neste ato representando o COMANDO da Corporação, citando a questão da saúde e a implantação do subsídio;

 

  1. 02.  Após as palavras do SUBCOMANDANTE, o Cap. GARRET discorreu  sobre a questão da saúde do policial militar, os recursos, saldo em conta corrente (33 milhões); a questão do FASPM foi apresentada como forma de suplementar os recursos que não são cobertos pelo SAS, ou seja, quando não for coberto pelo plano do SAS, o nosso policial poderá se socorrer aos recursos do FASPM; (Opinião APRA “os policiais militares não devem pagar ou sofrer com os desvios de verba que ocorreram no HPM em gestões passadas, levando a falência do HPM); ainda na questão do FASPM, um determinado representante falou com muita propriedade que o recurso arrecadado foi “expropriado de seus donos”, ou seja, dos policiais militares que tiveram que engolir um plano de saúde complementar sem ter qualquer poder de palavra ou escolha; ponto que ficou acalorado entre as partes após esta opinião do representante, ocasionando desconforto aos presentes;
  2. 03.  O atendimento do pessoal civil segundo o Cel. Kfouri foi motivado por não termos recursos para manter nosso Hospital, e que a saída foi ter que aceitar a sugestão do Estado em franquear e atender este público no nosso HPM; (Opinião APRA “O saldo do FASPM é de 33 milhões de reais, fruto da conquista do nosso público interno, ou seja, estes recursos poderiam ser empregados para suplementar as despesas no HPM, inexistindo motivo para abrirmos as portas para o público civil); a conquista do HPM foi através da dura batalha de nossos irmãos, principalmente aqueles que agora estão na reforma e precisam ainda mais do atendimento;

 

  1. 04.  O SUBCOMANDANTE falou em procurarmos juntos uma solução para a saúde do nosso policial, mas que a saída apresentada não agradou pelo menos os Representantes da nossa Entidade que ali estavam presentes; o Cel. Kfouri também citou que no prazo de 90 dias para avaliar a viabilidade da parceria (leia-se imposição) do Estado em atender os civis, para que seja verificada quando a sua permanência; (Opinião APRA “o HPM foi construído pelos nossos irmãos de farda, e quem garante que o Estado não vai expropriar também da estrutura física do nosso Hospital para atender a todos em um data futura”; a questão da Saúde no interior também foi abordada, sendo que conforme palavras do próprio SUBCOMANDANTE, em breve, os batalhões do interior terão serviços de saúde em suas sedes, estabelecendo um prazo de 30 dias para sua implantação;

 

  1. 05.  O Presidente da APRA também pediu a palavra sobre a questão da Gratificação da Saúde dos policiais que trabalham no HPM, sendo que o SUBCOMANDANTE respondeu que a PGE emitiu parecer contrario a sua implantação devido à questão da incompatibilidade da forma de remuneração por SUBSÍDIO; (Opinião APRA “parecer na língua jurídica não é ato vinculado irrecorrível ou verdade absoluta, ou seja, admite questionamento e/ou futuras demandas judiciais); e

 

  1. 06.  Por fim, foi disponibilizada a MINUTA DO ANTEPROJETO DE LEI COMPLEMENTAR sobre os valores do SUBSÍDICO; e que o Secretário de Segurança Pública poderá estar presente no próximo encontro com as Entidades, sendo que esperamos ter voz ativa de todas as Entidades presentes.

 

 

OBS: nossa Entidade estará postando a tabela apresentada pelo anteprojeto citado, e que abriremos à tropa o direito de manifestar sobre os índices e demais sugestões para apresentar para as Autoridades Competentes os resultados. Cabe salientar que não foi mencionado o prazo para a possível implantação do Subsídio, e que esperamos ter direito de nos manifestarmos ou auxiliarmos na solução de um subsídio justo para todos.

 

 

Respeitosamente,

 

 

 

Curitiba, 06 de janeiro de 2012.

 

 

 

ORÉLIO FONTANA NETO

Presidente da APRA

 

.REUNIÃO+QCG 06-01-2012

 

 

..

.

 

 .  

 

.Leia abaixo o anteprojeto de Lei na íntegra! preste atenção no item aposentadoria!

.

..

.

.

.

.

.

 

.

 

.

 .

.

.

.

 

What Next?

Recent Articles

31 Responses to "A Tabela do Subsídio Oficial na opinião da APRA é IMPUBLICÁVEL!"

  1. Marcio disse:

    essa tabela é ridícula. pelo que se da pra entender, não vai mudar nada p/ os praças…
    tem que montar um grupo de estudos p/ explicar essa tabela. é ridículo.

    • sgt interior disse:

      Sugestão os dirigentes da APRA: cobrar a implantação do nivel superior para ingresso na PMPR, conforme lei já aprovada, criação de carga horária nos moldes de outros estados com os devidos pagamentos de hora extras e indenização de alimentação para todos.

    • parana disse:

      Nossa!

      Eu tenho 10 anos de serviço, se perder a gratificação técnica, vou receber quase R$ 200,00 a menos!

      Estou indignado!

      Ilusão….

    • sgt interior disse:

      Mais uma sugestão, retornar a antiga tabela do escalonamento vertical:

      Coronel 100%
      Tenente-Coronel 91%
      Major 87%
      Capitão 80%
      1º Tenente 73%
      2º Tenente 65%
      Aspirante a Oficial 53%
      Subtenente 53%
      1º Sargento 47%
      2º Sargento 44%
      3º Sargento 42%
      Cabo 38%
      Soldado 1ª Classe 37%
      Cadete 3º Ano 47%
      Cadete 2º Ano 44%
      Cadete 1º Ano 42%
      Soldado 2ª Classe (aluno) 35%

    • ohrb disse:

      quando iremos tomar vergonha na cara e lutar por nossos direitos!!!? Greve Geral!!! Isso eh uma palhacada!!! Alem de nao termos vale alimentacao e ficarmos mendigando por comida ou gastando 1/3 deste salario ridiculo pra comer, temos q ficar aguentando esta palhacada do governo! ja se foi a epoca onde os pm’s eram idiotas e aceitavam qualquer migalha para sobreviver….

  2. PM interior disse:

    Se essa tabela for o interesse do governo realmente ha de se fazer greve geral dos policiais no estado, porque ja “aceitamos”, por força de um regulamento que nao perdura mais (ex. dos policias pelo brasil que foram anistiados nao por benevolencia mas sim que pela justiça comum ganhariam o direito)… a reestruturaçao de 2010 que nada mais foi que uma enganaçao salarial para os praças e uma bonificaçao injustificada aos oficiais ( de Cap para cima), portanto se um soldado ganhar ao final da carreira 3900 e um coronel 19900 aceitar isso sera a sentença de uma vida mediocre que vem desde a formaçao da policia militar do parana como praças e isso nao pode continuar a acontecer…devemos divulgar a todos nossa indignaçao e mostrar que a PMPR vai parar e ha motivos para isso…

  3. RICARDO disse:

    Nós somos, infelizmente, considerados massa de manobra por parte de quem comanda a PMPR. Os interesses da NATA, foram conquistados, pois diferentemente dos PRAÇAS, eles tem um representante forte, que é o CG. Não vou dizer que os praças são coitadinhos, pois não somos, somos sim, em alguns casos, desunidos, esperando que a solução caia do céu, mas pasmem os senhores, não vai cair. Se você esta esperando que o Comando faça uma tabela que te beneficie, ou você é oficial superior e pode contar com isso! ou vai fazer um curso direto pra Capitão! que é impossível, ou mais impossível ainda, espere que um PRAÇA comande a Gloriosa.
    Se um dia você por curiosidade consultar as tabelas salariais das policias do Brasil, você verá que em todos os casos, existe um escalonamento Justo do Soldado ao Coronel, eu disse em todas as tabelas, menos no Paraná, no Paraná somos considerados, os Praças, inferiores, não merecemos ganhar nem próximo ao que ganha um Capitão, somos duas Polícias, a reconhecida, bem remunerada, com várias promoções e regalias, e os Praças, que não vou citar os benefícios a nós dispensados. Um Cel da Bahia disse a um repórter da Bandeirantes, durante a manifestação da PM daquele Estado, que preferia comer farofa com seu comandados e ter apenas uma POLÍCIA MILITAR naquela Unidade da federação, a ter que aceitar comer filé apenas ele e seus oficiais para calar os PRAÇAS. Essa proposta foi feita ao comando daqui um tempo atrás, e nós lembramos da decisão da época.
    Resumindo, temos que fortalecer a APRA, temos que dar voz aos nossos interesses, não deixar preso na garganta essa vontade de sermos, no minimo, tratados como iguais. Temos que ter um escalonamento salarial justo, não podemos aceitar esse escalonamento como esta hoje, e jamais essa proposta descabida e sem um pingo de vergonha, que infelizmente tem grandes chances de passar, assim como a anterior…

  4. Marcio disse:

    Final de carreira pra sd é 25 anos e olha la 30 anos. qual o soldado que vai querer ficar até 35 anos.
    Agora cel. ja vai ganhar seus 19500,00 afinal não tem cel. com menos de 30 anos de serviço.

  5. Rodrigo disse:

    Primeiramente gostaria de parabenizar a atual atitude dos senhores sgt que estão a frente dessa associação e dizer que agora sim tiveram uma atitude relevante aos assuntos que estão em pauta a mais de um ano. MEUS PARABÉNS.

    Em segundo mas não menos importante saliento a minha indignação com o descaso com o qual nós praças estamos sendo tratados não só por nossos comandantes bem como por nossos governantes, o pior é que não somos apenas nós praças que estamos sendo prejudicados, os mais prejudicados dessa historia toda é a própria população a qual esta cada vez mais exposta a criminalidade pois a cada ano que passa mais policiais estão indo embora, aposentando ou pedindo baixa para adquirir melhores condições de vida, de trabalho, de dignidade, respeito e valorização de seu trabalho. E esses policiais que estão indo são nada mais nada menos que bons profissionais os quais de certa forma estão desacreditados em nossa instituição.

    Atualmente ouço muitos praças questionarem que os oficiais ganham bem. Eu não acho isso errado, só acho que devem fazer por merecer o salario que tem, não podemos generalizar, mas acredito que deveriam fazer mais, como em São Paulo e Rio de Janeiro onde os oficiais ganham bem menos que aqui e tiram serviço operacional onde o Capitão da PM é o CPU e em muitos casos o Major sobe o morro juntamente com a tropa com colete balístico e Fuzil. Esses sim sabem e sentem na pele o perigo das ruas e os anseios das praças.

    Já no Paraná quando muito avistamos um 1° Ten. como comando de uma Rotam ou A Rone Comando pois o restante são Apirantes e 2º Ten.

    Finalizo parabenizando os oficiais de São Paulo e do Rio de Janeiro e demais Estados os quais estão sempre junto com a sua tropa apoiando-a, procurando sempre o melhor para seus subordinados bem como em conjunto visando o bem estada da população.

  6. Marx disse:

    Definitivamente essa PMPR já era… antigos reserva JÁ e novos outras carreiras, sem saúde, sem equipamentos, sem carreira, sem perspectivas e agora sem o mínimo de RESPEITO esperar o que, de quem ???

    Porém a APRA combativa ( e comunicativa ) as “outras” como sempre até agora não emitiram comentários, com certeza para não desagradar alguém!!!!

    Parabéns !!!

  7. Leandro disse:

    Não pode ser verdade algo tão cruel… Abril de 2011 chegando e eu achando que iria conseguir respirar um pouco melhor nas finanças e nada. Foi maio, junho, julho… Dezembro e nada do grupo de estudos dar uma resposta aos tão famigerados praças de nossa corporação… A expectativa era grande, os bizu vinham de todos os lugares, uns falavam em 4.500 para soldado, outros que viriam 8 parcelas de 200, e assim por diante… Um sonho, uma utopia, a expectativa crescia, até mesmo a vontade de trabalhar e fazer com que a maquina do governo arrecadasse mais e mais com notificações, empenho 24 horas, trabalhando 24 por 48 sem queixa, e aguardando….
    Santo Deus, chegou o dia 6, é agora, porém, ao ver tamanho crime, quase tive um treco, um absurdo, uma proposta de briga, um descaso, não sei oque chamar essa palhaçada… Um governador que diz ter herdado a benevolencia do seu pai com a tropa sair com uma dessas… Gente, por favor, precisamos agir, dialogar não é o suficiente, precisamos buscar forças e encarar de frente essa situação… Afinal, para o governo nós somos lixo humano… eu não quero mais colocar minha vida em risco por essa miséria, trabalhar certo, honrar a farda para no final do mês ver o dinheiro sumir igual agua entre os dedos… Quero dignidade, vou ser caminhoneiro, pedreiro, ou qualquer coisa e voltar a ser dono do meu nariz… Ser praça no Paraná é para loucos, afinal ver um coronel ganhando quase 20 mil e ver no seu contracheque uma esmola dessas deixa qualquer um com vontade de pegar uma corda e se pendurar… eu pessoalmente tou saindo fora, vou dar meus pulos e largar a farda, perdi a vontade de viver, afinal o tempo da escravidão já era pra ter acabado…

  8. Luis disse:

    Isso é o fim do mundo, sempre fui muito realista e muitas vezes chamado de pessimista por meus colegas, o meu pessimismo era que o salário para um sd 1 classe fosse pra 3mil em inicio de carreira, olhem isso é para perder toda e qualquer esperança de melhora hj e futuramente. A unica solução é parar, tocar o foda-se, se aquartelar e nao voltar enquanto nao fizerem algo que realmente nos valorize. Agora o problema é o seguinte, os praças passam por tudo isso sabem porque? DESUNIÃO!!!!!!!! Se realmente nos uníssemos teríamos no minimo mais VOZ! Se realmente querem algo vamos fazer o que deve ser feito, passem isso a seus colegas vamos nos organizar e fazer alguma coisa logo. Somente manifestaçoes como as diversas que tivemos em 2011 nao bastam, é preciso mostrar para o governo e nossos comandantes nosso valor!!!

  9. Ori disse:

    Depois de tanto tempo de espera, recebemos o golpe final, o desprezo do Cmdo e dos políticos que preferem dar dinheiro para o alto escalão da PM a dar dignidade aos praças, cada povo tem a policia que o governo lhe oferece. Sejamos então esta policia.
    quem sabe assim o governo olha pela classe.

    • lino disse:

      Sabe o que é um cancro numa instituição que deveria ser voltada a sevir e proteger? Chama-se RDE, um código que impede até mesmo de expor a verdadeira realidade de uma instituição, que é usado muitas vezes de forma indevida para ameaçar pais de família, que não podem exercer o direito de expressão num país semi democratizado.
      Vou votar daqui pra frente somente em pm de preferência praças e não mais civis, quero deputado e senadores para votarem nosssos salários, para olhar um bosta como esse playboyzinho no olho e deixar bem claro que somos homens, pais, maridos e que merecemos respeito. Agora quanto aos melancólicos que só choram e relembram feitos do passado, precisam saber que o mundo gira e a roda anda, vai chorar lá pqp. O Paraná tem que parar, estivem em Brasilia e vi que sua maior riqueza de produção são os inumeros moteis de beira de estrada, cade a soja, o milho, o arroz, o feijão, o que produz aquela porr… pra terem sala´rios maiores que os nossos? Imaginem da onde deve sair os impostos para eles fazerem o mesmo serviço e ganharem como políticos, vamos parar meus irmãos, preciamos de uma policia do povo para o povo.

  10. lino disse:

    PRECISAMOS URGENTEMENTE LANÇAR PRAÇAS CANDIDATOS EM TODOS OS SEGUIMENTOS POLÍTICOS ESTADUAIS E FEDERAIS.
    SOMENTE COM DEPUTADOS E SENADORES PODEREMOS TER FORÇA PARA VOTAR NOSSOS PRÓPRIOS SALÁRIOS, IRRADICAR ESTA DESGRAÇA DE RDE HERANÇA MALDITA, QUE FAZ A DEMOCRACIA PARECER UM LIXO, AO INVÉS DA DITADURA.
    É UMA VEGONHA SABER QUE PERDEMOS PARA O CRIME ORGANIZADO NO QUE SE TRATA DE UNIÃO, POIS ESTAMOS AGORA CHEIOS DE PLAYBOYZINHOS PREPOTENTES E COROAS MELANCÓLICOS RELEMBRANDO O QUANTO FORAM BONS NO PASSADO.
    VEMOS NOS CURSOS A TENTATIVA EXAUTIVA DE COMPROVAR A EFICIENCIA DO RDE, COMO DISCIPLINA, PORÉM NÃO HÁ DISCIPLINA MAIOR QUE VERMOS UMA POLÍCIA COMO UM EMPREGO NORMAL, ONDE AQUELE QUE NÃO RENDE LEVA UM PONTA PÉ E VAI EMBORA. PENSE AGORA NAQUELE CAMARADA QUE SÓ TE ATRAPALHA E NÃO RENDE, SENDO CHUTADO ABRINDO VAGA, ISTO DIGO PRAÇAS E OFICIAIS. PRECISAMOS DE UM SALÁRIO MELHOR E DE UMA POLÍCIA RENOVADA.
    A POLÍCIA NÃO PODE TER DONOS, MAS PARCEIROS, PRAÇAS E OFICIAIS, LADO A LADO, MAS O RDE CRIA HOMENS SUPERIORES PODEROSOS QUE NÃO SANGRAM NUNCA, COM PEITO DE AÇO, POIS É O QUE DEMONSTRAM QUANDO PISAM EM SEUS SUBORDINADOS, NISTO INCLUO O PRAÇA METIDO A UM MONTÃO DE MERDA.
    ACHO QUE JÁ DEIXEI CLARO O QUE PENSO HOJE, QUE NÓS TEMOS UMA CORDA E DOIS TOLOS UM EM CADA PONTA, QUE NÃO LARGA A CORDA DA BAJULAÇÃO, DO VAI LÁ VOCÊ É O CARA, MORRA NA BATALHA E LOGO SAIREI CAPITAÕ E FICAREI SENTADO NUMA SALA PRONTINHO COM A BANDEIR QUE ESPOSA, MÃE OU FILHO NUNCA LEVAM PRA CASA

  11. ricardobm disse:

    Srs. esperança não pode ser confundida com ignorância. Carreira com salário digno na pm/bm do pr só para oficiais. Enquanto houver militarismo e distinçaõ entre seus integrantes as praça jamais terão um salário justo e digno.
    Cansei de viver de ilusão e iludir minha família que um algum dia teremos melhores condições, porque o trouxa aqui é bombeiro noooooooosaa que orgulho…. que bela profissão. Aos que estão chegando agora…..NÃO SE ILUDAM… A COISA NAO MELHORA A DECADAS E NÃO VAI MUDAR….. VÃO ESTUDAR!!!!! Toda minha dedicação e orgulho de servir a corporacao, já foram pelo ralo em poucos anos…… vou estudar que assim quem sabe da pra ganhar melhor…. esperar dos governantes e comandos, só sai pra oficiais, praças recebem salário miserável!!!!!
    Por mim se for pra aumentar cenzão no meu salário, DEIXA PRAS DESPESAS AÉREAS DO GOVERNADOR QUE DEVE ESTAR PRECISANDO PELO JEITO!!!!

    EU TENHO ORGULHO E NÃO VIVO DE ESMOLA……!!!!!

  12. Patriota disse:

    Isto é simplesmente ridiculo ! Quem é o praça que vai, após 25 anos de serviço, sofríveis diga-se de passagem, esperar mais 5 anos, para com 31 anos de serviço receber um aumento de R$ 150,00… Eles brincam conosco. E a contagem de tempo de serviço, qual é a vantagem de contar licença e tempo de serviço público ( exército ), pois so contam para efeito de reserva, nao para todos os efeitos legais, por exemplo alguem que trabalhou 23 anos na PMPR e contou uma Licença Especial e um ano de Exército, pode ir para Reserva com 25 anos, mais não vai receber o subsídio na tabela dos 25 anos trabalhados, e sim na tabela inferior, de 20 anos, pois nao tem um quinquenio completo.

    Lutamos tanto por este subsídio e ele vai acabar por ser a pá de cal que faltava para a nossa cova !!!!!

    Os nossos valorosos amigos, hoje na reserva ja nos avisavam ” …desde que entrei para a gloriosa ouço dizer que vai melhorar, não adianta …a policia foi feita para os oficiais…..”

    Ou matamos esta proposta no ninho, ou ela nasce e depois nos mata !

  13. paulo disse:

    poxa, trabalhamos em uma escala de 24 por 48 com escalas extras, sem estrutura alguma, alimentação só almoço, para abastecer temos que deslocar até outra cidade, trabalhamos em uma cidade com aproximadamente 35 mil com uma viatura, se tem alguma ocorrencia envolvendo transito e um veiculo encontra-se com documentação irregular para fazer a apreensão temos que nós mesmos conduzir até o pátio pois não temos guincho, trabalhamos com cuidados redobrados para não ter que gastar oque não temos com advogado. se essa tabela for aprovada meu salario diminuirá. Avante PMPR.

  14. Vanilson disse:

    cem reais??? tão de sacanagem. isso que a vida dos combatentes vale pra eles? nossas vidas valem cem reais. o unico jeito greve.
    GREVE!!!! GREVE!!!! GREVE!!!! GREVE!!!! GREVE!!!! GREVE!!!! GREVE!!!! GREVE!!!! GREVE!!!! GREVE!!!! GREVE!!!! GREVE!!!! GREVE!!!! GREVE!!!! GREVE!!!! GREVE!!!! GREVE!!!! GREVE!!!! GREVE!!!! GREVE!!!! GREVE!!!! GREVE!!!! GREVE!!!! GREVE!!!!
    Talvez assim nos levem a sério! quando o Estado for dominado pelos vagabundos!!!
    Saudades do Requião!!!!

  15. pmpr disse:

    Sonhamos e acreditamos que sempre algo vai melhorar, criam-se expectativas; porém quando acordamos nos voltamos a triste realidade. Uma classe abandonada(praças), sendo esmagada pela minoria. Salários tão distantes, diferenças gritantes e mais uma vez o praça tratado como se fosse um zero a esquerda(sem valor). Será que ninguém está vendo isso, será que não há ninguém que nos defenda… Não queremos ganhar mais que os Oficiais, mas também não queremos migalhas. Queremos um salário justo e digno para que nossas famílias também possam ter uma melhor condição de vida(lazer, saúde, educação e porque não dizer segurança). Sonhamos e acreditamos numa polícia equipada(viaturas e armamentos de qualidade), uma polícia capacitada(policiais preparados) e num ser humano valorizado(policial com salário digno). Todos os dias lemos nos jornais e na internet que mais um escândalo de corrupção foi descoberto. São políticos(ministros, deputados, prefeitos e vereadores) que simplesmente na cara dura roubam o dinheiro do povo e não são poucos, mas milhões de reais. E não adianta virem falar que não há dinheiro, pois num estado em que deputados recebiam 14º e 15º(qual trabalhador recebe isso) e onde vereadores aprovam aumentos de seus salários de 5.800 para 12.000(Londrina), dinheiro com certeza não é problema. Todos legislando em causa própria. É mesmo uma piada essa tabela, e tomara Deus que não desistamos de nossos sonhos.. Juntos somos fortes. “De tanto ver crescer as injustiças, de tanto ver agigantar-se o poder nas mãos dos maus, o homem chega a rir-se da honra, desanimar-se de justiça e ter vergonha de ser honesto” – Rui Barbosa.

    • Frustrado disse:

      Então Senhor Governador, depois de tanto tempo de espera aparece essa proposta, que brincadeira de mal gosto é essa. Lembre-se, nós Praças, merecemos respeito. Chega de conversa, ou o Senhor não tem visto o que esta acontecendo em nosso país, nossos irmãos do Ceará nos dão ânimo, e o Senhor mais ainda com essa tabela “ridícula”, e quero saber, o Senhor viu mesmo a proposta que nos foi feita, se viu, há de concordar, não nos agradou em nada, muito pelo contrario. E com isso podemos ver o quanto o Senhor preza pela segurança pública, pois somos nós “praças” que estamos na frente de batalha, nós que arriscamos nossas vidas dia-a-dia na luta contra a violência, e isso desanima, arriscar a vida por isso?
      Se pensamos em Greve, com certeza. E sei que cada praça carrega dentro de si uma vontade muito grande de lutar por seus direitos, e não venham nos falar em “inconstitucionalidade”, sabemos muito bem o que é, mas digo, se Nosso Governador não precisa cumprir o que esta na Lei,
      Porque eu preciso?
      Paro sim Senhor Governador, por toda injustiça feita aos praças e por toda essa falta de respeito com essa categoria… Lembro do Senhor em Campanha vindo em minha direção e com o aperto de mão dizer “_Eu estou do seu lado”, (FRUSTRAÇÃO) vejo que não e bem longe disso.
      E tenha certeza que por essa classe Senhor Governador eu vou longe. Pois se ficarmos juntos, NINGUÉ pode contra nós.

      Frustração

  16. Patriota disse:

    São tantas as injustiças cometidas pelo governo com a ratificação do ” Comando ” da PMPR que chega perto do inacreditavel ! So para citar algumas, a mudança na tabela de escalonamento vertical, na época a desculpa foi que era necessário valorizar os oficiais e distancia-los de nos, e foi criado esse índice ridiculo que serve como base para escalonamento de salário, a qual devemos nos submeter ate hoje. A última foi a desculpa para bonificar oficiais ( em especial capitães ) com aumento de R$ 3.000,00, repito R$ 3.000,00, com a desculpa que o salario deles estava defazado!!!!! Eles sem dúvida merecem serem valorizados, mas os praças nao !!!!! Agora só falta decidirem implantar o subsidio a partir de 1 de maio !

    Sugestão= voltar a tabela antiga de escalonamento conforme citou o Sgt do interior. Implantação imediata do subsídio. Exigencia de Curso Superior para ingresso na PMPR. Gratificação Técnica para quem possui curso superior ou tecnólogo incluindo os companheiros reservistas. Contagem de tempo de serviço em dobro de Licença Especial e Serviçco Público valendo para TODOS OS EFEITOS LEGAIS, desta forma quem vai para a reserva com 25 anos contando licença e exército é alocado em tabela salarial referente a 25 anos de serviço, ao contrario do que sugere esta tabela ridicula que nos foi proposta.
    Se a porcentagem que serve como base salarial, inicia a partir do salario de um Coronel (subsídio base), então a tabela deve iniciar pelo salario real de um Coronel ( referencia de subsídio 6 e não na referência 1) pois não existe Coronel com 5 anos de serviço e dificilmente vai se encontrar Coronel com 25 anos de serviço. Deve-se pegar o indice base do Coronel ( salario verdadeiro ) como base salarial, Até nisto tentaram nos enganar.

  17. Nelson disse:

    Que maravilha de tabela, não é a toa que o grupo de estudo queimou massa cinzenta para para agraciar os oficiais…..
    Deus até quando

  18. pmdointerior disse:

    Amigos desta gloriosa PMPR, eu não acreditei quando vi essa tabela, isso é palhaçada, é um descaso com a nossa categoria, não dá pra suportar mais, é chamar de burro na nossa cara com todas as letras; tanta expectativa pra apresentar isso. Me digam o que acrescentou essa vergonha de tabela; se vocês notaram, fizeram um tabela para incentivar os praças a não se aposentar com 25 anos de serviço, é pra animar e ficar até os 35 anos.KKKKKKKKKKKK, Amigo eu já disse uma vez e vou repetir, esse povo do governo e oficiais, não acha agente como lixo humano, como o amigo citou mais acima, e sim um corpo sem cerebro trajando um farda, é o que eles imaginam .

  19. marcelo disse:

    Eu sou Cb PM, acho inviável que tratem o Sd como um profissional comum, pois é a linha de frente em qualquer batalha, é o escudo do Comando, ninguém ao menos chega ao Cb senão ao Sd antes, sou contra a tabela do APRA, porque com 35 anos os praças já estarão precisando de recursos para a sobrevida, então se querem ser justo, é agora, iniciando o escalonamento vertical, não me importo que um Cel ganhe bem, é merecido! Mas, me importo que oficiais e praças também ganhem o suficiente para terem vida digna e bater no peito e bradar SOU MILITAR DO PARANÁ E ACIMA DE TUDO BRASILEIRO!
    TENHO ORGULHO DE VESTIR A MINHA FARDA, O MEDO, É DOS FRACOS.

  20. luiz disse:

    gostaria de saber a partir de quando saira o novo salario com o subsídio grato

  21. luiz disse:

    gostaria de saber como fica a situação do policial aposentado, que sai excluido da corporação. proventos.

    • Lucas disse:

      ligue p o escritório ESCRITÓRIO JURÍDICO – ASSOCIADOS ZOLANDECK (Especializado em Direito Militar e Penal)

      http://www.zolandeck.adv.br/

      Rua Conselheiro Laurindo, 600 Conj 802 a 805 – Edifício Capital Torre -Centro Curitiba (próximo ao terminal Guadalupe – Centro)

      Agendamentos pelo telefone: 41 3322-1597

      Para associados as consultas são subsidiadas pela APRA.

      Além do Direito Militar e Penal o escritório Zolandeck atua nas seguintes áreas:

      – Negociação e Mediação

      – Direito Civil

      – Direito do Consumidor

      – Direito Societal e Comercial

      – Direito Eleitoral

      – Direito Público em Geral

      – Direito do Trabalho

Leave a Reply

You must be Logged in to post comment.