NOTA DO PRESIDENTE DA APRA PR – PLEITO ELEITORAL 2018.

APRA mini novo

.

prttv

NOTA DO PRESIDENTE DA APRA PR

PLEITO ELEITORAL 2018.

 

A presente manifestação consiste em informar aos associados e aos militares estaduais do Estado do Paraná que não tenho a pretensão de concorrer ao pleito eleitoral em 2018, mesmo havendo muitos convites de lideranças partidárias, solicitações e manifestações de militares estaduais.

Ainda que, sendo realmente gratificante ser lembrado pelos nossos companheiros de farda, associados e familiares, no entanto, entendo que devo continuar trabalhando como representante classista, apresentando um novo pensar como entidade associativa, trazendo principalmente a luz do direito, sem interesses escusos que não sejam realmente auxiliar os militares estaduais, classe que precisa ser valorizada e reconhecida, por representar o grande efetivo e a força, como líderes setoriais nos batalhões, destacamentos, etc.

Além disso, gostaria de lembrar que a lealdade é algo que temos como uma grande virtude do ser humano, como no caso de ser lembrado pelo atual Prefeito de ter trabalhado há mais de 20 vinte anos, e receber o convite de compor sua equipe de trabalho, não sendo algo sazonal, intempestivo e oportunista.

Todavia, não hesitaremos em continuar trabalhando pelo resgate da dignidade e o respeito que as praças da PMPR são merecedoras, trabalho que estamos desempenhando desde os primeiros passos da APRA, inclusive mudando a forma de atuação de outras entidades, e porque não dizer, impulsionando a fundação de outras pelo espaço que as praças estão conquistando.

Destarte, alguns pontos que merecem ser lembrados durante esta caminhada associativa: luta pelo direito; da liberdade de associação e expressão; direito de ser representado com pessoa jurídica de direito privado; direito de progressão; direito de promoção; carreira; coletes balísticos; denúncias; extinção da idade praças para prestar o concurso para o oficialato; trazendo sentenças procedentes e tornando públicas, para que todos possam ter acesso e buscar pelos seus direitos; direito de preterição deferidos por força de atos administrativos ilegais; recursos e defesas administrativas, anulando e arquivando processos; indenizações; revisão de reformas (parcial para integral); atos públicos tempestivos; notas de repúdio; apoio nas questões de saúde; etc.

Concluindo, manifesto meu apoio aos candidatos militares que pretendem concorrer ao pleito eleitoral, porém, não posso e não devo limitar ou tirar o direito dos associados escolherem o candidato que entendam ser o mais preparado para ser o futuro representante político da classe, na Câmara Federal e Assembleia Legislativa Paranaense.

 

Curitiba, 18 de março de 2018.

OS SENHORES E SENHORAS SÃO LIVRES!!!

Atenciosamente,

Orélio Fontana Neto,

Presidente da APRA/PR.

What Next?

Recent Articles

Leave a Reply

You must be Logged in to post comment.