Policiais paranaenses entram na Justiça por coletes balísticos novos. Rádio CBN

APRA mini novo

 

.

Apra denúncia o Assédio moral nas unidades PM, de policiais que procuram o judiciário e são constrangidos por reclamar o seu direito de ter o mínimo de material de uso pessoal para melhor atender a população.


Foto; Divulgação / APRA-PR

Nos últimos dias, ao menos três juizados de Curitiba e Região Metropolitana obrigaram o Estado do Paraná a conceder coletes balísticos novos a policiais militares. Vários praças entraram na Justiça, sob orientação da Associação de Praças do Estado do Paraná (APRA). De acordo com o presidente da APRA, Orélio Fontana Neto, foram várias denúncias no site da entidade.

Tocador de áudio

Os policiais militares têm deixado os coletes nos batalhões por orientação dos superiores, para que o equipamento possa ser revezado. A solução não agradou os PMs. O presidente da APRA afirma que policiais que entraram na Justiça contra o Estado têm sido coagidos.

A Secretaria da Segurança Pública e Administração Penitenciária do Paraná informa, em nota, que na semana que vem a empresa vencedora da licitação vai entregar uma amostra dos coletes que vão ser fornecidos. Os equipamentos vão ser analisados por uma comissão e só depois entregues aos policiais. A licitação prevê a compra de 7.900 coletes que vão ser fornecidos para a Polícia Militar do Paraná.

Com relação aos coletes que foram emprestados pela Secretaria Nacional de Segurança Pública, a SESP explica que eles não são do padrão utilizado pela Polícia Militar do Paraná. Como o empréstimo seria de apenas 120 dias, eles foram destinados ao Departamento Penitenciário do Paraná.

Repórter Lucian Pichetti

Click no link para escutar o áudio: https://cbncuritiba.com/policiais-paranaenses-entram-na-justica-por-coletes-balisticos-novos/

What Next?

Recent Articles

Leave a Reply

You must be Logged in to post comment.