Projeto Escola Segura agora admite Bombeiros

 

APRA mini novo

.

Mais de 200 militares estaduais se inscrevem para o programa Escola Segura

 

Mais de 200 candidatos já se inscreveram para atuarem como voluntários junto ao programa Escola Segura.

O programa alcançará seus objetivos com a efetivação dos militares inativos, nessa primeira etapa do projeto piloto que atenderá os municípios de Foz do Iguaçu, Londrina e Região Metropolitana de Curitiba.

Nas próximas semanas serão realizados os exames de saúde, avalição física, bem como a capacitação dos novos membros, permitindo que o programa inicie no mês de maio.

Na próxima semana, o Comando da Polícia Militar fará uma nova chamada aos inativos, objetivando criar banco de reserva para garantir o atendimento das 100 escolas anunciadas para o projeto piloto.

Em virtude da solicitação dos Bombeiros Militares inativos, o próximo edital admitirá a participação de todos os Militares Estaduais permitindo um melhor aproveitamento do programa, com a multidisciplinariedade dos militares envolvidos.

O Comandante do Batalhão de Patrulha Escolar Comunitária, Ten.-Cel. Mario Jorge Alves Lopes, afirma que “está em construção uma nova ferramenta de segurança em escolas que se somará aos Programas já existentes no batalhão, visando proporcionar à comunidade escolar paranaense uma expansão à rede de segurança nas escolas, colaborando com desenvolvimento cultural e social dos jovens, proporcionando uma convivência harmoniosa no ambiente escolar, condições importantes para o desenvolvimento de uma sociedade melhor”, disse.

 

CHEM e 5ª Seção/EM.

 

 

What Next?

Recent Articles

Leave a Reply

You must be Logged in to post comment.